• Amanda Ronca

O Caminho

Quando temos uma missão na vida, podemos as vezes sentir que estamos perdidos, que o caminho é longo e as lições são muitas... mas não tem como fugirmos, quando for a hora, quando for o local, quando você estiver alerta e desperta, as portas irão abrir à sua frente e você poderá ver com clareza e respirar profundo. Nossa missão pode ter o caráter de trazer grande prazer pessoal, em forma de serviço ao próximo e retribuir para a mãe natureza.

Ao pisarmos sobre esse solo temos que honrar cada elemento que teve parte em nos trazer vida, que nutre e hidrata nossos corpos e nossos sentidos à cada instante. Os serviços que prestamos uns aos outros devem sempre respeitar a nossa casa maior, o planeta terra. Nossa casa deve ser sempre limpa, cuidada e mantida, nossa casa pessoal e a grande casa que compartilhamos com nossos irmãos e com outros serem também.

Essa grande casa também é, por si só, um indivíduo, com vida, que pulsa e se move pelo espaço; e sua integridade e vontades devem ser respeitadas. Sendo assim, devemos viver nesse planeta como se fossemos visita, respeitando a Grande Casa, que é a Mãe Natureza, considerando tudo como emprestado, devolvendo e repondo tudo que usarmos e agradecendo a estadia.

Ao escolher minha profissão como Arquiteta e Urbanista, a sustentabilidade sempre foi uma palavra que guiou a minha trajetória e meus estudos. Para mim sustentabilidade é uma forma racional de usar os recursos, em quantidade e velocidade inferior à que esses recursos se regeneram naturalmente. Tem a ver com consumo consciente, respeitar os ciclos naturais, se adaptar, observar, entre outros. Na minha trajetória acadêmica eu tive que ter muita perseverança para me manter nesse caminho e me adaptar para conseguir as notas para me formar. Nem sempre encontramos professores e outras pessoas com os mesmos valores e ideais que nós, mas não devemos esquecer o motivo principal de estar fazendo o que se esta fazendo.

Nessa trajetória, também pude conviver e aprender com muita gente interessante com uma visão e propósitos afins aos meus, dentro e fora da academia. Com essas pessoas pude aprender sobre técnicas de construções naturais (Bioarquitetura), sobre o clima e o tempo e sua interferência no nosso conforto e saúde (Bioclimática), pude aprender técnicas para classificar as edificações com base no nível de eficiência energética, pude aprender um pouco sobre Permacultura, Agrofloresta, plantar o seu próprio alimento, manejo de resíduos, formas novas de cuidar uns dos outros e tantas coisas mais. Apesar de as vezes duvidar que eu daria conta e desconfiar da longa demora, eu sou eternamente grata a esse Caminho que tive para chegar até aqui.

E é, então, com grande alegria no coração que agora posso anunciar meus serviços de Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo, pensados de forma sustentável e ecológica, para levar mais saúde e bem estar para os espaços, mudando a vida das pessoas, respeitando e retribuindo para a Terra. E espero que essa pessoa possa ser você! Vem comigo!

15 visualizações0 comentário